Médicos Cooperados

Sair

Educação continuada e abrangente

VI Congresso Médico é aberto com grade voltada para consultórios e ambientes hospitalares

Os avanços da medicina, novas técnicas e tendências da saúde e a evolução das relações entre médicos e pacientes. No momento em que a Unimed-Rio expande suas atividades com a consolidação da rede assistencial própria, informações sobre estes temas ganham ainda mais importância e aumentam as expectativas com relação ao maior evento de cunho científico promovido pela cooperativa para seus sócios. Realizado no Hotel Windsor Barra, o VI Congresso Médico foi aberto com uma mensagem do presidente Celso Barros (foto), que relacionou o investimento em educação continuada com o movimento de verticalização.



"Vivemos um momento único em nossa história, com a inauguração do nosso hospital, dos nossos prontos atendimentos e do Espaço Para Viver Melhor. Ao colocar nossa marca à frente de espaços de atendimento médico-hospitalar, a busca pelo saber, por atualizações, torna-se imperativa não somente no campo técnico, mas também em frentes que estão modificando a conduta do médico nos dias de hoje, como processos de gestão, tecnologia e relações humanas. Seja nos consultórios ou nos pontos de atendimento hospitalar, temos a missão de oferecer qualidade em todos estes aspectos. Neste contexto, a partir de agora, temos a missão de transformar as iniciativas de educação continuada em qualidade também para os ambientes hospitalares, assim como vimos fazendo em nossos consultórios nos últimos anos".

Representantes do governo, do Sistema Unimed, da ANS e de diversas sociedades médicas marcaram presença na cerimônia de abertura, na qual o Secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Dr. Sérgio Côrtes (foto), reforçou o papel da Unimed-Rio na saúde carioca: "Operadoras de saúde geralmente colocam o controle de custo como prioridade, mas eu fico feliz de saber que a Unimed-Rio jamais deixou de pensar no paciente. Tenho muito orgulho desta ser uma das maiores singulares do Sistema e de ela ser da nossa cidade, contribuindo para o desenvolvimento do Sistema Único de Saúde. Entendo assim, que como único, deve congregar a saúde pública e a suplementar".

Governança clínica

O evento teve ainda a realização da Conferência Magna, realizada pelo Dr. Antônio Carlos Onofre de Lira (foto), Diretor Técnico do Hospital Sírio-Libanês, sobre o tema "Governança Clínica": "Em um ambiente hospitalar, governança clínica ultrapassa os limites médicos e tem papel estratégico na gestão do negócio. Programas de qualidade, segurança e informação são fundamentais para um atendimento de excelência. Em um hospital, estamos sempre gerenciando riscos, das mais diversas naturezas".

Entre os diversos exemplos apresentados por Lira, ele destacou os casos de erro provocados por conta de problemas na prescrição médica: "60% dos problemas estão ligados à letra do médico, que tradicionalmente é de difícil entendimento. Em um ambiente hospitalar, o maior risco ao paciente é a aplicação equivocada de medicamentos. E quando um ambiente destes não é automatizado e gera receitas médicas prescritas manualmente, a chance aumenta. Fluxos também precisam estar bem definidos e serem conhecidos por todos. No nosso caso, conversamos, debatemos, nos dedicamos para que os protocolos clínicos sej am seguidos, e ainda assim enfrentamos casos adversos. Também investimos em auditoria clínica, para avaliar o desempenho dos médicos e monitorar os casos de sucesso e os desvios de regra".


Unimed-Rio Cooperativa de Trabalho Médico Ltda.
Avenida Armando Lombardi, 400 Lojas 101-105 Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ. CEP 22640-000
Copyright © 2008 - 2012 Unimed-Rio - Todos os direitos reservados