O que o EPVM faz por você

Conheça as histórias de Margot e Cláudia, pacientes da Unidade de Reabilitação Postural do Espaço Para Viver Melhor .................................................................................................................................................................................................


A partir desse mês, você vai conhecer histórias de superação de pacientes com doenças crônicas que realizam tratamento no Espaço Para Viver Melhor e conseguiram diminuir suas dores e melhorar sua qualidade de vida, prevenindo até cirurgias. No primeiro episódio da websérie “O que o EPVM faz por você”, disponível no nosso canal no Youtube, você vai conhecer duas pacientes do Espaço de Reabilitação Postural.

Margot Hoffmann teve poliomielite aos 4 anos, que deixou sequelas em sua perna direita. Seu médico ortopedista indicou sessões de RPG e pilates e ela conta como sua vida melhorou depois do tratamento no espaço: “A acepção do corpo melhorou muito e isso aumenta a segurança, a auto estima e vai nos melhorando como pessoas”.  

Já Claudia de Carvalho acordou à noite passando mal com dor na coluna e sua perna parou. Há 10 meses está na cadeira de rodas. “O EPVM foi uma surpresa. Todos me acolheram muito bem. Foi aqui que eu fiquei em pé pela primeira vez depois de tudo o que aconteceu. Estou comemorando cada vez mais essa recuperação”, conta.

“Para o fisioterapeuta, conseguir que a dor do paciente melhore e que ele volte às suas atividades diárias, melhorando também como consequência sua qualidade de vida, é muito gratificante”, diz Gabrielle Sidrim, coordenadora de Fisioterapia.

Inaugurado há seis anos, o Espaço Para Viver Melhor, unidade própria da Unimed-Rio, realiza o acompanhamento de pacientes com doenças crônicas como problemas cardíacos e reumatológicos. Com uma equipe formada por médicos, fisioterapeutas e professores de educação física, o EPVM está focado em serviços de reabilitação postural e cardíaca, além da dispensação de medicamentos.

Atendimentos dobram

O número de atendimentos mais que dobrou no Espaço Para Viver Melhor (EPVM). De janeiro a abril de 2017, foram mais de 42 mil atendimentos frente os 18 mil do mesmo período de 2016, um aumento de 56%. A média mensal pulou de 4.500 para 10.500. O aumento se deve aos novos serviços da unidade própria, que incluem fisioterapia convencional, com 20.745 atendimentos, entrevista técnica, com 1.087, e consultas com nutricionistas, psicólogos e endocrinologistas, com 354. A entrevista e as consultas são realizadas com clientes que pretendem se submeter a cirurgia bariátrica. O Espaço de Reabilitação Postural foi o que teve a frequência mais ampliada. De 6.800 atendimentos, passou para 9.600.

Serviço

Endereço: Rua Pinheiro Guimarães, 66, Botafogo
Telefone: 4020-0773
Site: www.unimedrio.com.br/rede-propria/epvm

Confira o que a unidade oferece:

. Espaço de Reabilitação Postural – uma equipe de fisioterapeutas desenvolve programas individuais e em grupo para pacientes com problemas de coluna. 
. Dispensação de Medicamentos – contempla a dispensação de medicamentos oncológicos orais para pacientes em monoterapia oral exclusiva.  
. Unidade de Reabilitação Cardíaca – os pacientes têm sua capacidade física avaliada e melhorada com equipamentos de última geração, além de equipe especializada.  
. Fisioterapia Perineal – também conhecido como fisioterapia uroginecológica.  
. Fisioterapia Geral – ajuda a reduzir os quadros dolorosos dos pacientes, melhorando a mobilidade das articulações, acelerando a recuperação pós-cirúrgica e reduzindo os efeitos degenerativos do corpo ou aqueles causados pelas lesões por esforço repetitivo.

Os serviços oferecidos pela unidade são exclusivos para clientes Unimed-Rio com indicação médica.

Epsódio 2 - Pacientes da Unidade de Reabilitação Cardíaca do EPVM relatam suas histórias de superação
..................................................................................................................................................................................................

No segundo vídeo da websérie “O que o EPVM faz por você”, apresentamos as histórias de pacientes que participam da Reabilitação Cardíaca no Espaço Para Viver Melhor.Os beneficiários José Valente, Eduardo Assef e Dalton Cavalcanti contam como conseguiram superar doenças crônicas e melhorar sua qualidade de vida.

Eduardo Assef, um dos clientes entrevistados, conta que levava uma vida bastante sedentária: “Nunca valorizei a questão de cuidar da saúde, tenho diabetes e era obeso. Comecei a sentir uma dor no esterno e no hospital detectaram um infarto de proporções muito grandes. Coloquei três stents”.

Eduardo, então, começou a realizar a rebilitação no EPVM e mudou completamente seus hábitos: “Eu saí de quase 126 kg para 95 kg. O medicamento enalapril eu tomava 10 mg e desceu para 2,5 mg. A minha função ventricular melhorou muito em função do trabalho que foi feito aqui”, finaliza.

“O que mais dá satisfação pra gente é vermos um paciente muito ruim chegando aqui sendo carregado pelos familiares, não querendo vir, e três, seis meses depois o mesmo paciente não quer deixar de vir aqui mais. Essa é uma grande vantagem da nossa especialidade: poder acompanhar o paciente de perto e ver ele melhorar no dia a dia", conta no vídeo Alexandre Coimbra, coordenador do Espaço de Reabilitação Cardíaca .

Dica

Dica