Nós da Unimed-Rio utilizamos cookies por diversas razões, principalmente, para o correto funcionamento do site e seus serviços, garantir sua segurança, melhorar a sua experiência e personalizar nossa publicidade. Ao consumir nosso conteúdo e serviços você concorda com nossa política de cookies. Para saber mais, conheça nossa Política de Privacidade.
CONCORDAR

Suspensão de Reajuste

Entenda como ficará a cobrança do reajuste anual

No dia 21/8/2020, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a suspensão temporária dos reajustes dos planos de saúde pelo período de setembro a dezembro de 2020.

Confira a página que preparamos para explicar um pouco mais dessa mudança para você. Entenda:


REAJUSTE ANUAL

    • PLANOS INDIVUDUAIS E FAMILIARES (PF)

      O reajuste anual, relacionado à data de aniversário de seu contrato, já não vem sendo aplicado pela operadora de saúde desde maio de 2020, uma vez que não houve a divulgação do percentual pela ANS.

      Para os clientes que tiveram reajuste no período de janeiro a abril de 2020, nada muda e o valor da mensalidade permanece o mesmo.


    • COLETIVOS EMPRESARIAIS

      CONTRATOS COM ATÉ 29 VIDAS

      Não haverá acréscimo no valor da mensalidade pelo período de setembro a dezembro de 2020.

      Para os clientes que foram reajustados entre os meses de maio e agosto deste ano, a cobrança do reajuste também será suspensa de setembro a dezembro de 2020. Nesse período, o valor da mensalidade voltará a ser o mesmo de antes do reajuste aplicado a partir de maio de 2020.
      Para os clientes que tiveram reajuste no período de janeiro a abril de 2020, nada muda e o valor da mensalidade permanece o mesmo.




      CONTRATOS A PARTIR DE 30 VIDAS

      Para os planos empresariais a partir de 30 vidas, a empresa contratante poderá optar por não ter o reajuste suspenso e, neste caso, o percentual negociado será aplicado normalmente.

      Nos casos em que os percentuais já tiverem sido negociados até 31 de agosto de 2020, não haverá a suspensão da mensalidade reajustada nos meses de setembro a dezembro de 2020.

    • COLETIVOS POR ADESÃO

      CONTRATOS COM ATÉ 29 VIDAS

      Não haverá acréscimo no valor da mensalidade pelo período de setembro a dezembro de 2020.

      Para os clientes que foram reajustados entre os meses de maio e agosto deste ano, a cobrança do reajuste também será suspensa de setembro a dezembro de 2020. Nesse período, o valor da mensalidade voltará a ser o mesmo de antes do reajuste aplicado a partir de maio de 2020.
      Para os clientes que tiveram reajuste no período de janeiro a abril de 2020, nada muda e o valor da mensalidade permanece o mesmo.




      CONTRATOS A PARTIR DE 30 VIDAS

      Para os contratos que já tiverem sido reajustados entre janeiro e agosto de 2020, o percentual referente ao reajuste será suspenso nos meses de setembro a dezembro de 2020.

      Para os contratos que ainda não foram reajustados, não haverá acréscimo na mensalidade até o final de 2020.

ALTERAÇÃO DE PREÇO POR MUDANÇA DE FAIXA ETÁRIA

Para os planos individuais/familiares, planos coletivos por adesão e planos coletivos empresariais (independentemente do número de vidas): Não haverá cobrança da alteração de preço por mudança de faixa etária para os beneficiários que mudarem de faixa etária no período de setembro a dezembro de 2020.

Para os contratos que já foram adequados por mudança de faixa etária entre janeiro e agosto de 2020, a parcela referente ao percentual de adequação não poderá ser cobrada nos meses de setembro a dezembro de 2020. Nesses meses, a mensalidade voltará a ter o valor cobrado pela operadora antes da alteração de faixa etária ocorrida em 2020.


Importante!

Cabe ressaltar que a partir de janeiro de 2021, será retomada a cobrança dos valores que foram temporariamente suspensos em todas as situações relacionadas, incluindo a recomposição dos valores referentes ao período de setembro à dezembro de 2020.

Orientamos aos clientes que tenham recebido ou venham a receber o boleto de setembro com o valor reajustado, que não se preocupem.

Isso ocorre porque a cobrança já havia sido processada antes da alteração divulgada pela ANS. O pagamento deve ser efetuado normalmente e na próxima mensalidade, o valor pago referente a parcela de reajuste será descontado.

A suspensão dos reajustes não se aplica aos planos exclusivamente odontológicos

Em breve, mais detalhes ou alterações do órgão regulador serão divulgados.

Em caso de dúvidas, estamos à disposição em nossos canais de atendimento.



Para saber mais sobre o assunto, disponibilizamos os links divulgados pela Agência Reguladora:

Nota Técnica Nº 13/2020/GEFAP/GGREP/DIRAD-DIPRO/DIPRO e as notícias publicadas no site da ANS em 21 e 26/08/2020, sobre o tema:

http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/coronavirus-covid-19/coronavirus-todas-as-noticias/5913-ans-determina-suspensao-de-reajustes-de-planos-de-saude-por-120-dias

http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/consumidor/5916-esclarecimentos-sobre-a-suspensao-do-reajuste-de-planos-de-saude

Dica

Dica